Um pouco de cor

Ando meio sem tempo de fazer desenhos grandes que não envolvam meus projetos da faculdade e alguma ou outro job de ilustração, então pra me manter sempre desenhando, ando pra cima e pra baixo com meus skethcbooks como alguns de vocês já devem saber. Desenho com o que tenho no bolso na hora mas quase sempre não tenho tempo pra colorir, então num feriado desses muitos que rolaram esse ano, decidi pegar alguns deles e colorir no Photoshop como uma forma de treinar colorização digital pra futuras ilustrações mais trabalhadas e também pra me divertir um pouco porque ninguém vive só de trabalho, não é mesmo? O resultado você confere abaixo.

DEERBWLOGO DEERCOLORLOGO FRANKBRIDEBWLOGO smokeLOGOsmokecolorlogoARCCOLORLOGOarcLOGO
BW1LOGO Continuar lendo

Por onde andei em: maio/2015

series

Mês passado comecei a categoria “Por onde andei em:” em que o objetivo é contar pra vocês um pouco do que eu ando vendo/lendo/ouvindo/acessando durante o último mês. Você pode conferir esse post aqui. E vamos parar de enrolação que no mês de maio eu andei:

Assistindo…

Orphan Black(2013) – Uma ótima série de sci-fi que sabe equilibrar momentos de ação/tensão com outros extremamente descontraídos sem quebrar o ritmo. Além da maravilhosa Tatiana Maslany representando 10³²¹ personagens de forma incrível. Devorei a primeira temporada em alguns dias e estou na metade da segunda temporada agora.

The Flash(2014) – Não sou muito chegado em séries de super-heróis porque sou meio traumatizado desde Smalville, mas a série do Flash me conquistou por ser um retrato do que eram os quadrinhos e desenhos de super-herói quando eu era criança: histórias divertidas e com muita ação. Aqui o formato “monstro da semana” se encaixa muito bem pra garantir momentos de ação enquanto a trama principal se forma aos poucos pra um final de temporada sensacional. Estou torcendo para que a segunda temporada seja tão incrível quanto a primeira.

Star Trek: The Next Generation(1987) – Sempre quis conhecer um pouco mais do universo Star Trek mas sempre tive preguiça afinal são muitas séries com muitas temporadas e muito material. Mas zapeando pela televisão, encontrei um episódio de Next Generation no SyFy, comecei a ver e me amarrei e, a partir daí, sempre que posso tô assistindo. A maioria dos episódios não exige que você tenha um background enorme do universo trekker pra entender, então essa série está servindo como uma ótima introdução pra mim.

Lendo… Continuar lendo

#ConheçaOArtista | #MeetTheArtist

Tem umas pessoas que eu conheço na internet e fico pensando “cara, como eu queria ser amigo dessa pessoa na vida real!”. Uma dessas pessoas é a Malena Flores e a outra é a Juliana Rabelo. Adoro o trabalho das duas como ilustradoras e a forma como escrevem em seus blogs é de uma simplicidade tão bonita que me faz visitá-los constantemente mesmo que seja para ver textos antigos.

Semana passada as duas participaram de uma tag que estava rolando no instagram chamada #conheçaoartista ou #meettheartist onde o objetivo é com um desenho fazer uma rápida apresentação de quem você é, listando o que gosta e o que não gosta. Se liga só:

Continuar lendo

No meu sketchbook: linhas, curvas, preto e branco

Não é novidade pra quem me acompanha por aqui, pelo twitter ou pelo instagram que rabisco compulsivamente nos meus sketchbooks. Muito além de me manter desenhando constantemente, eles servem como um registro do meu dia-a-dia e são uma forma de aprendizado. É engraçado ver como meus cadernos vão ganhando temas conforme vou desenhando neles. Sinto isso de forma mais intensa nos meus sketchbooks de arquitetura, mas nos de ilustração que eu chamo de ~freestyle~ isso também acontece com frequência.

Nos meus dois últimos sketchbooks, pela falta de tempo e talvez por uma espécie de pesquisa inconsciente, vi que um novo padrão estava surgindo nos meus desenhos: a ideia de brincar com os limites em desenhos em preto e branco. Se liga.

Preguiça de comentar cada foto de novo. Se quiser ver grande, clica na imagem ;D

E você, é um adepto dos sketchbooks? O que anda acontecendo no seu? Conta pra mim aqui nos comentários!

#MarchOfRobots 2015

Durante o mês de março participei do desafio #MarchOfRobts no instagram, onde a ideia era postar a cada dia um desenho de um robô diferente. Foi super divertido participar disso interagindo com outros artistas no instagram e vou mostrar aqui pra vocês.

A brincadeira zerou um sketchbook e chegou na metade de outro e, como eu sou preguiçoso, vou colocar uma imagem-resumo ao invés de comentar foto por foto, até porque eu sei que vocês não iam ler.

#MarchOfRobots do Dia 1 ao dia 31. Pra ver todos os desenhos em tamanho grande, clique na imagem.

 

O mais bacana foi ver como eu fui me “libertando” das referências conforme ia avançando no desafio. Comecei desenhando robôs que eu já conhecia e depois comecei a soltar a mão inventando os meus próprios.

Diz aí, o que achou da brincadeira? Tem alguma tag legal relacionada a desenhos pra me indicar? Conta aqui embaixo nos comentários!