Acho que eu vi um fantasma

Desde pequeno nunca tive muito medo desses lances sobrenaturais que um monte de gente tem. Não tenho medo de histórias de fantasmas e poucos filmes de terror me assustam. Acho que o mais próximo que tenho de pavor sobrenatural é o de zumbi porque, bicho, a chance disso rolar é real e namoradeiras, porque vai lá tentar dormir depois de olhar pra essa boneca:

Enfim, sempre tive muita certeza de que nada disso que os mais supersticiosos temem e contam por aí poderia acontecer comigo. Quer dizer, eu tinha muita certeza.

Estava saindo pra aula pouco antes das 6 da manhã e tinha um cara na minha frente indo na mesma direção que eu. Umas poucas quadras depois da minha casa haviam umas duas mulheres: uma velha e uma que parecia ser uns poucos anos mais velha que eu. Elas chamaram esse cara que estava na minha frente e  ele nem deu bola, passou como se elas nem tivessem ali. Quando eu passei e elas me chamaram, como sou lerdo, acabei atendendo. Então a mais velha começou a falar :

-Você tá indo pra estrada né? Minha irmã pode te acompanhar?

Eu não disse que sim nem que não, meio que fiz o ombrinho de quem não sabe o que responder e, caras eu tinha acordado às 5:30 da manhã, minhas faculdades mentais não tinham engatado ainda. A mais velha agradeceu e a mais nova começou a andar atrás de mim igual personagem de game 16bits,

Eu sou o maluco correndo na frente tentando fugir

Eu sou o maluco correndo na frente tentando fugir

Ela não falava quase nada, eu sei que eu sou ruim com small talk e talz mas tudo que ela so fazia era falar em resmungos “hã, uhum, aham”. Quando a gente chegou na estrada, a via onde passam os ônibus aqui na rua, eu ia atravessar pro meu ponto e ia me despedir dela. No instante em que virei pra falar com ela, a mulher tinha simplesmente sumido. Não tinha pra onde ela ter ido sem que eu visse, não passou um freaking ônibus na hora, mas ela não estava mais lá.

O que me deixou mais intrigado foi que o cara lá do começo da história realmente agiu como se as mulheres não existissem. Comecei a questionar minha sanidade mental e, pela primeira vez, tenho uma história de fantasma pra contar na fogueira.

Este pretinho que vos fala se borrou de medo nesse dia? Talvez, só talvez…

Boa noite

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s