Pensamentos Pensantes #23

Maluco, fui olhar aqui e tô desde fevereiro sem postar um Pensamentos Pensantes por aqui. Isso não pode ficar assim! É sexta-feira, então pega sua bebida favorita, prepara o mouse e senta aqui pra mais uma sessão de reflexões despropositadas sobre a vida. Eu vou de toddynho e você?

1) Você percebe que tá arch-blocked quando seu sketchbook de projeto tá na mesma página há uma semana.

2) Alice no país do bonde das maravilhas.

3) Hoje eu tô só a peruca do Antonio Fagundes.

4) Não sei como é que vocês se animam pra farrear na sexta. Chega sexta-feira eu só quero dormir direto até segunda.

5) Queria ser menos errado da cabeça.

6) Não entendo gente que quer socializar fora do trampo com ~colega de trabalho~ Tu já vê os desgraçados no horário comercial aí, no teu tempo livre, tu vai lá querer sair com essas mesmas pessoas? Não faz sentido.

7) Se o procedimento pra virar Cyberman fosse real, eu topava amarradão sem pensar duas vezes.

8) Alô? É do IML? Tô ligando pra avisar que minha vontade de estudar hoje acabou de morrer.

9) A vantagem de ouvir progressivo e música clássica no Spotify free é que cada música tem meia hora então os anúncios quase não atrapalham. Coisa de pobre, eu sei.

10) Toda vez que eu leio um texto em espanhol, minha cabeça faz a voz do Cabrito Tevez e eu acabo sem entender nada.

11) Segundo a minha irmã, uma verruga nada mais é que uma pinta em 3d.

12) Você percebe que seu curso é mesmo muito humanas quando o professor se atrapalha pra fazer a conta de quantos alunos tão faltando.

13) Mesmo quando eu tô sem nada pra fazer, não consigo ficar tranquilo porque fico com aquela sensação de “devo ter esquecido alguma coisa.”

14) Yolo: you only live ocioso

15) Pior coisa acabar uma série de livros e não ter ninguém pra comentar.

16) Gente que reclama de Doctor Who não ser cientificamente coerente é porque nunca viu novela da Globo.

17) Queria saber em que momento virou moda as meninas andarem com sandália de Moisés.

18) Coisas que me deixam nervoso: fome e o barulho do WhatsApp.

19) Comecei o dia tendo que falar com gente. Daí você percebe que nada de bom vai sair desse dia.

20) Aqueles dias em que você não sabe se tá na vibe headbanger mau encarado ou fã de diva pop.

21) Mesmo quando você fica na sua e quer só viver na paz, arrumam um jeito de escrotizar sua vida.

22) Aquela usuária do snapchat que fazia propaganda de absorvente: Thaynara o.b.

23) Minha casa passou por uma obra recentemente e tinha um pedreiro aqui em casa que gostava de chegar às 8 e só ia embora às 22hs. Só cocaína explica esse pique todo.

24) No começo do semestre minha turma fez uma maquete tão grande que acabou virando um Twister de urbanismo só que ao invés de cores, você se posiciona nos bairros.

25) Estar perto de gente me causa um desconforto absurdo. Tenho vontade de morrer com o mínimo de interação social. Meu coração fica acelerado e me dá falta de ar toda vez que tenho que falar com alguém. Eu tava controlando isso, mas ultimamente voltou a acontecer.

26) Desculpe o transtorno, precisamos falar sobre meu cansaço.

27) Quando o Drake canta em Hotline Bling “You make me feel like I did you wrong” eu sempre ouço “You make me feel like a digimon”.

28) Fui procurar vinil na feira um fim de semana desses. Saldo: Roberto Carlos e Sambas enredo do carnaval de 87.

29) Jogo videogame pra ganhar. Se fosse pra perder, eu tava vivendo a vida real.

30) Vivi pra ver o dia em que os vendedores do trem passaram a aceitar cartão.

31) Acho que o hino nacional ficaria muito mais legal se botassem uma batida de funk nele.

32) Tive que ficar um ano fora pra meu professor de projeto 2 trocar de roupa.

33) Se vocês repararem bem, aconteceu uma OiOiOização do final dos episódios de novela. Nenhuma novela hoje em dia acaba o capítulo sem a cara congelada de um personagem e a música em seguida.

34) O estranho hábito de passar a manhã inteira de fone de ouvido e só perceber que não tem nenhuma música tocando quase na hora do almoço.

35) Aquela sensação esquisita de encontrar uma pessoa que te conheceu quando você era pequeno mas você não faz a menor ideia de quem seja.

36) O diabo foge da cruz como eu fujo de gente.

37) Tem uns dias em que você não sabe se quer morrer ou só dormir muito mesmo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s