A grande serpente de metal Jape-ri

Contam os antigos que há muito tempo um governante de nossa cidade pagou grande quantia em ouro para trazer de terras distantes uma enorme serpente de metal. O governante deu à serpente o nome de Jape-ri e, no início servia apenas ao seu divertimento e de sua corte mas, com o tempo, ele viu o potencial que a besta possuía e ordenou a construção de caminhos para que ela pudesse cruzar todo o território sob seu domínio.

A serpente passou então a transportar as almas dos trabalhadores cansados de uma ponta a outra da cidade e, não bastasse a essas pobres almas o horror de serem engolidas pelo monstro, a agonia ainda era ainda maior dentro dele. Misturados entre as almas dos trabalhadores haviam os encoxadores, demônios que se aproveitavam da superlotação do interior da fera para abusar das almas femininas. Além disso, haviam os arautos do inferno, almas que portavam terríveis dispositivos sonoros que reproduziam uma batida pulsante repetida ad eternum, com um único acorde e letras sem sentido que atormentavam as almas trabalhadoras que só queriam silêncio.

O terrível monstro com seus horrores em suas entranhas cuspia as almas dos trabalhadores em diversos pontos da cidade, sempre mais cansados do que quando entraram e, com o sucesso da besta Jape-ri em oprimir o povo e impedir-lhe a revolta, o governante mandou construir mais caminhos com o intuito de trazer outras serpentes que abrangeriam mais pontos da cidade e deu-lhes o nome de Belford, o Roxo; Saracu-runa e Santacruz.

Até hoje as grandes serpentes afligem o povo e para presenciar seu horror é necessário apenas visitar a grande torre que abriga um relógio conhecida como Central do Brasil.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s