Vestido amarelo

E lá estava eu, com uma das garotas mais bonitas que conheço de pé ao meu lado, sem conseguir dizer uma palavra.

Não que eu tivesse alguma coisa pra falar, quer dizer, fazia um calor brutal típico do Rio de Janeiro,eu segurava sua bolsa e todo possível small talk de ônibus sem ar condicionado em engarrafamento já tinha se esgotado. Restava o sol nas nossas caras, um Neil Young procurando pelo seu coração de ouro só com um dos lados do fone(o outro esperava eu começar a conversa), a mochila dela sobre minhas pernas e ela ali, em pé, na minha frente, num lindo vestido amarelo e completamente calada.

Barulho, gente reclamando, xingando, nada do ônibus nem eu nem você se mexer, o modo aleatório chega num Humberto Gessinger falando de olhos iguais aos seus, iguais ao céu ao seu redor, sem relação com o que acontecia ali, seus olhos castanhos em nada lembravam o maldito sol do lado de fora que fazia com que eles ficassem entre o aberto e o fechado, o finito e o ínfimo. O sol mostrou o brilho de um cinto fino sobre o vestido amarelo.

Algumas horas dentro daquela lata velha, nada de eu falar, nada dela se mexer, o ônibus andou um pouco, não lembro o que tocava nesse momento no meu único fone, alguma coisa com um solo histérico de guitarra. Barulho, barulho, barulho e o que eu queria era ouvir alguma coisa sussurrada por ela, algo que me fizesse a conhecer mais, não o que respondemos quando nos perguntam sobre o que fazemos ou gostamos mas aquilo que só contamos a poucos. Então o sol, sempre ele, reflete de um jeito sobre os braços cruzados à frente daquele vestido amarelo revelando uma pinta no braço esquerdo, algo que eu nunca tinha reparado, que inesperado.

Eu estava tão ali nela e ela tão em não sei onde que nem reparei quando chegamos ao nosso destino. O sol tinha mudado de lado e o sorriso dela brilhava na sombra me agradecendo por não sei o quê. Fora do ônibus não consegui fazer nada além de sorrir e dizer “Que bonito esse seu vestido…”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s