Café

Tenho passado meus dias à base de café

Falta algo, e tento preencher com ele

Desce queimando a garganta e

esquenta o peito

A fumaça volátil ocupa os buracos.

Por alguns instantes é como se pudesse sentir

Sentir de novo, como seria bom!

Então, sinto esfriar 

O calor, aos poucos, indo embora

O peito esvaziando outra vez

E a total ausência de qualquer sensação

Até a próxima xícara.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s